Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alanis Morissette mostra seu lado zen em entrevista em SP

Com muita paciência, a cantora respondeu até sobre religião e medo de morrer

O novo disco e a turnê pelo Brasil ficaram em segundo plano na entrevista concedida por Alanis Morissette na noite desta segunda-feira. A cantora canadense, que se apresentou no domingo em São Paulo, teve de responder a perguntas sobre espiritualidade, Deus e a experiência de ser mãe.

Ela, com muita paciência, disse que acredita em Deus e se considera “espiritualizada”, apresentando curiosidade por diversas filosofias. Diante da ‘criativa’ pergunta “Você sente medo da morte?”, veio a resposta, rápida, mas entre sorrisos: “Claro, sou um ser humano”.

A canadense puxou a conversa para o universo musical, ao dizer que a ligação entre banda e público pode ser classificado como uma experiência religiosa. “Por essa razão, estar no palco é sempre muito especial.” A cantora afirmou que tocar no Brasil tem um sabor diferente. “As pessoas são muito apaixonadas.”

Também falou da influência de ser mãe no processo criativo – a cantora e seu marido, o também músico MC Souleye, tiveram seu primeiro filho, Ever Imre, em 2010. O menino nasceu no dia do Natal, 25 de dezembro. “A paixão pela música não muda. Até mesmo sentimentos negativos, como raiva e desespero, continuam presentes”, explicou.

Finalmente, sobre sua presença no Brasil, Alanis disse que muito provavelmente vai alterar o setlist a cada show. A cantora e a banda sentam no chão e discutem as preferências de cada um. Da mistura dos gostos, sai a lista, que sempre conta com os sucessos dos dezessete anos de carreira da canadense. “A escolha das músicas é democrática”, afirmou.