Clique e assine a partir de 9,90/mês

Adele lidera lista de jovens músicos mais ricos

Mesmo sem lançar disco inédito desde 2011, a cantora faturou 15 milhões de libras só em 2013 e aumentou sua fortuna total para 45 milhões

Por Da Redação - 15 Maio 2014, 12h05

Mesmo sem lançar um disco inédito desde 2011, Adele continua aumentando sua fortuna. A cantora lidera pela terceira vez consecutiva a lista anual dos jovens músicos mais ricos do Reino Unido feita pelo jornal The Sunday Times. No ranking, que reúne as personalidades da música com menos de 30 anos de maior fortuna do país, também aparecem Calvin Harris, Cheryl Cole e os cantores da boyband One Direction.

Leia também:

Adele deixa pistas de seu novo álbum no Twitter

Adele compra casa de brinquedo de R$ 56 mil para filho

Continua após a publicidade

Adele acumulou 15 milhões de libras nos últimos doze meses, fazendo sua fortuna total chegar a 45 milhões de libras, cerca de 167 milhões de reais. O DJ e produtor musical escocês Calvin Harris estreia na lista dos dez mais ricos já na segunda posição, com fortuna de 30 milhões de libras, cerca de 111 milhões de reais. A cantora Cheryl Cole aparece em terceiro lugar, com o montante de 16 milhões de libras. Os cinco cantores do One Direction vêm em seguida, com 14 milhões de libras cada um.

Universo da música – O jornal também listou as personalidades do mundo da música mais ricos do Reino Unido. O ranking é liderado pelo magnata russo Len Blavatnik, que possui uma fortuna de 10 bilhões de libras, seguido do empresário Clive Calder, com 1,4 bilhões de libras, e do produtor teatral Sir Cameron Mackintosh, com um bilhão de libras.

O ex-Beatle Paul McCartney e sua mulher, Nancy Shevell, aparecem em quarto lugar, com fortuna de 710 milhões de libras. Quem viu sua economia aumentada de forma notável em um ano foi o produtor televisivo Simon Cowell, cuja fortuna está em 300 milhões de libras. A alta em sua conta se deve, segundo a lista, aos contratos feitos com os programas The X Factor e Britain’s Got Talent, que lhe renderam 50 milhões de libras.

(Com agência EFE)

Publicidade