Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Acusado de assédio, Casey Affleck não entregará prêmio no Oscar

Pela tradição, americano, que venceu o troféu de melhor ator em 2017, deveria apresentar prêmio de melhor atriz neste ano

Casey Affleck escolheu não participar da cerimônia do Oscar 2018, segundo o site da revista The Hollywood Reporter. O americano venceu o prêmio de melhor ator por Manchester à Beira-Mar no ano passado e, caso a Academia de Hollywood escolhesse seguir a tradição, ele deveria voltar a participar da festa entregando a estatueta de melhor atriz à vencedora deste ano.

Em meio à criação de movimentos contra o assédio sexual e a violência contra a mulher como o #TimesUp e o #MeToo, algumas pessoas já estavam problematizando a possível presença de Affleck na premiação deste ano, marcada para 4 de março. O ator foi acusado de assédio sexual por duas mulheres que trabalharam com ele no filme Eu Ainda Estou Aqui (2010). Ele negou as acusações e os processos que as mulheres moviam contra ele foram encerrados, após um acordo estabelecido entre as partes fora das cortes judiciais.

A tradição segundo a qual os vencedores do Oscar no ano anterior entregam os troféus aos ganhadores da edição seguinte nem sempre foi obedecida. Na cerimônia de 2009, por exemplo, os quatro prêmios de atuação (ator, atriz, ator coadjuvante e atriz coadjuvante) foram entregues por grupos de cinco vencedores anteriores das estatuetas.