Clique e assine a partir de 9,90/mês

Cantor pop Aaron Carter é preso por posse de drogas

Músico foi preso sob a acusação de dirigir alcoolizado e posse de maconha; representantes alegam que ele tem autorização médica para utilizar a droga

Por Da Redação - Atualizado em 18 jul 2017, 16h17 - Publicado em 17 jul 2017, 08h51

O cantor americano Aaron Carter, de 29 anos, foi preso no último sábado, no estado da Geórgia, acusado de posse de drogas e dirigir alcoolizado. Aaron, conhecido por ser irmão de Nick Carter, da boyband pop Backstreet Boys, foi parado pela polícia do condado de Habersham portando uma quantidade não permitida de maconha, segundo informações do jornal Daily Mail.

De acordo com o jornal, o cantor alegou perseguição, dizendo que celebridades são “miradas” pela ação da Polícia. Ele foi liberado no domingo, quando escreveu em sua conta no Twitter ter autorização médica para portar a droga por uma ansiedade prolongada.

Aaron Carter comparece ao festival de música KiisFM, em Carson, na Califórnia
Aaron Carter comparece ao festival de música KiisFM, em Carson, na Califórnia – 17/07/2017 Frazer Harrison/Getty Images

Aaron Carter recusa a versão de que estava dirigindo, alegando que foi detido dentro de uma loja de conveniência, o que, segundo ele, poderia ser comprovado por imagens de câmeras de segurança. De acordo com o que disse seu representante ao Daily Mail, o músico estava a caminho da cidade de Cornelia, na Geórgia, onde se apresentaria.

No Twitter, Nick Carter escreveu no sábado “eu te amo independentemente de qualquer coisa” e completou: “Família nem sempre é fácil, mas nós estamos aqui por você”. Libertado, Aaron Carter criticou o irmão, dizendo, segundo o jornal britânico, que Nick “deveria ter ligado para ele ao invés disso”.

Publicidade