Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A vingança de Anamara no ‘BBB 13’

Veterana ficou 24 horas conferindo tudo o que se passava na casa, e voltou por cima, como líder e com argumentos para colocar ainda mais fogo na casa

“Eu voltei, agora para ficar / Porque aqui, aqui é o meu lugar.” Foi cantando – ou melhor, berrando – os versos da música O Portão, de Roberto Carlos, que Anamara retornou à casa do Big Brother Brasil. Depois de sair triste ao ser “eliminada” em um paredão falso, a veterana ganhou um quarto exclusivo, do qual observava cada detalhe e conversa da casa. Voltou em alta – e com a língua ainda mais afiada. “Eu era o olho que tudo vê”, definiu ela, nesta segunda-feira, quando contava aos brothers tudo o que tinha se passado nas 24 horas em que ficou fora.

Era o dia dela, que se vangloriava por ter colocado dois dos seus maiores desafetos da casa no paredão: Aslan, por indicação dela própria, e Marcelo, escolhido depois de ter empatado no voto da casa com Kamilla. Lamentou, claro, não ter podido devolver a “gentileza” a Eliéser, que permaneceu com a imunidade da liderança fajuta. Mas ficou feliz de colocar o pernambucano que criticou seu comportamento explosivo em uma conversa com Andressa na Festa Country – que ela acompanhou em detalhes.

Enquete: Quem deve ser eliminado no 3º paredão do ‘BBB 13′?

“Minha intuição estava certíssima”, disse, para Marcello, Ivan e André. E se debater com a baiana quando ela não tinha argumentos certos já era difícil, agora, então, ficou impossível. “Eu só quero falar, porque eu preciso desabafar”, soltou, reiterando que ainda estava chateada com Aslan e, principalmente, com Eliéser. “Ele viajou lindamente”, enfatizou, depois de ter visto pelas TVs do quarto VIP o veterano comemorar sua saída da casa – acreditando que seria permanente.

Mas não foi só disposta a lavar a roupa suja que Anamara voltou. Sua primeira missão do dia era unir novamente Yuri e Natália, o casal que ela ajudou a formar e brigou no dia de sua eliminação. Ao ver os dois discutindo pela TV, gritou com Yuri, como se ele a pudesse ouvir, e disse que não queria mais os dois juntos. Na casa, foi a conciliadora. Tirou satisfação com ambos, em conversas separadas. Pediu calma a Yuri, paciência a Nati. Voltou a fazer campanha pelos dois. “Esse stress é à toa”. Funcionou. Antes de o Sol se pôr, o casal já fazia as pazes.

Às novatas que nunca se viram na TV, passou a mesma impressão do público que acompanha o reality show em casa. “Ninguém está gorda, está todo mundo gostosa”, comentou, depois de de ser questionada por Andressa se ela parecia “um buchinho” na televisão. “Todo mundo está bonito, mas eu prefiro pessoalmente”, completou. “Alta ou baixinha?”, quis saber ainda a modelo paranaense. “Tudo alta”, respondeu Anamara, opinando em seguida: “A mais bonita é a Natália, porque ela é magrinha e pequeninha”.

Por fim, deu um toque importante a todos sobre a potência do microfone. Salientou que até os cochichos se ouve perfeitamente. “E vocês não tem noção de como é irritante o som de plástico da bananada (o doce que eles atacam a todo momento).”

Leia também:

Conheça os apelidos dos brothers na internet

Quer dirigir o ‘BBB’? Boninho aceita sugestões

Na casa do BBB, a luta pela sobrevivência das ‘espécies’

Periguetes, políticos, sofredoras… Conheça dos grupos do BBB