Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A melhor carta de drinques de Porto Alegre está no Dirty Old Man

O aconchegante pub tem mais de 100 coquetéis e usa bebidas alcoólicas em quase todos os seus pratos

Basta observar as referências nas paredes para entender quem está por trás do nome do bar. O homenageado do endereço é o poeta, escritor e boêmio americano Charles Bukowski (1920-1994). Dono de um estilo em geral obsceno e bem coloquial, ele passou a ser relacionado à alcunha de “velho safado” ao assinar uma coluna de jornal que, posteriormente, virou livro: Notes of a Dirty Old Man. Outra característica marcante do lugar, com jeitão e aconchego de pub, é sua lista de drinques. Ela chama atenção pela variedade — são mais de 100 — e pelos preços módicos, uma estratégia dos sócios Leônidas Rübenich e Lourenço Testa para deixar esse universo mais acessível. Entre as estrelas da carta, os coquetéis clássicos, o manhattan dry sai por R$ 17,00 e o negroni por R$ 16,00. As bebidas alcoólicas nacionais predominam nas fórmulas, mas o uso de rótulos importados pode ser negociado, com acréscimo no custo. Um dos preparos autorais é o elixir do leprechaun, feito com espumante brut, licor de kiwi, gim, soda, hortelã e espuma cítrica (R$ 19,00). O tom etílico aparece nos comes da casa. Quase todas as receitas levam um ingrediente com álcool, caso das iscas de frango flambadas com Martini Rosso, acompanhadas de maionese de ervas finas e fatias de pão (R$ 35,00). Fãs de cerveja têm oito torneiras de chope à disposição, nas quais se revezam produtos artesanais do estado.
Rua General Lima e Silva, 956, Cidade Baixa, ☎ 3085-8227 (110 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 1h). Aberto em 2011.

Confira os segundo e terceiro lugares:

2º lugar: Capone drinkeria

3º lugar: Josephyna’s