Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

À la Roberto Carlos, pai veta cinebiografia de Amy Winehouse

Uma cinebiografia de Amy Winehouse tem sido aventada desde a morte da cantora. Um mês após Amy ser encontrada sem vida em seu apartamento, em Londres, já circulava o nome de Lady Gaga como candidata ao papel. Quatro meses mais tarde, em dezembro de 2011, a família disse que pensaria na ideia. Mas na noite desta quarta-feira, durante o baile anual da Amy Winehouse Foundation, realizado no Dorchester Hotel, na capital inglesa, o pai da cantora rejeitou a possibilidade.

Amy Winehouse morreu intoxicada por álcool, diz segundo laudo

“Eu realmente não quero uma cinebiografia, mas no ano que vem sai um documentário feito pelo mesmo pessoal que produziu Senna“, disse Mitch Winehouse ao site britânico Digital Spy, durante o evento. “Um show-tributo também seria ótimo, mas é preciso acertar as coisas com a gravadora, e não é tão fácil assim na prática. Estamos conversando”, completou o pai, que lançou, em livro, uma biografia sobre a filha.

Biografia é pedido de desculpas do pai a Amy Winehouse

LEIA TRECHO: Amy não desfrutou sucesso, mostra pai em biografia

Amy Winehouse morreu por ingestão abusiva de álcool em julho de 2011, aos 27 anos. Após a sua morte, o pai criou uma fundação com seu nome, para dar apoio a jovens que tentam deixar o vício em álcool ou drogas. Asif Kapadia, diretor de Senna, anunciou em abril que faria um documentário sobre a cantora. Em setembro, Mitch Winehouse disse ter encontrado uma música inédita gravada pela filha, ainda sem data de lançamento.