A história esquecida de extorsão vivida por David Letterman

O apresentador foi vítima de chantagens por ter mantido relações sexuais com uma de suas assistentes

Por Da Redação - 20 maio 2015, 22h13

O último The Late Show comandado pelo apresentador David Letterman vai ao ar nesta quarta-feira, após 33 anos e mais de 6.000 programas. O apresentador anunciou a sua aposentadoria em 2014 e será substituído por Stephen Colbert, atual apresentador do The Colbert Report, exibido pelo canal Comedy Central. Foram inúmeras entrevistas, piadas, quadros musicais e participações de celebridades icônicas, mas nem tudo são flores no legado do apresentador. Em 2009, Letterman revelou ter sido vítima de extorsão.

Leia também:

Produtor que tentou chantagear David Letterman é condenado

Último programa de David Letterman tem data definida

Publicidade

Obama pode participar do último programa de David Letterman

O apresentador afirmou na época que estava sendo vítima de chantagem por ter tido relações sexuais com pessoas de sua equipe e, por escolher não divulgar os casos amorosos, ele estava sofrendo pressão. Letterman denunciou o caso para a Justiça de Nova York e a promotoria de Manhattan fez uma investigação que levou à prisão de Robert Joel Halderman, o ex-produtor da CBS News que se declarou culpado de tentar extorquir dinheiro do apresentador. Na época, Halderman argumentou que estava tentando apenas vender o material ao próprio apresentador, mas acabou admitindo que o material “era uma ameaça velada que poderia levar Letterman à ruína se ele não pagasse muito dinheiro”.

Durante a gravação de um de seus programas, veiculado em outubro de 2009, Letterman comentou o caso com sua própria plateia da CBS e disse que recebeu ameaças: caso não pagasse 2 milhões de dólares, teria sua vida íntima revelada ao público. No episódio, o apresentador ressaltou que faria de tudo para proteger o bem estar de sua família. O caso tramitou na justiça americana e, em março do ano seguinte, Halderman admitiu a extorsão.

O produtor enviou à Letterman uma caixa com evidências dos casos que ameaçava denunciar, incluindo o roteiro de um filme focado na vida pessoal do apresentador. Como parte do acordo judicial, Halderman concordou em entregar qualquer material sobre o apresentador, como cartas, diários, fotos ou notícias de jornal, ao escritório da procuradoria americana.

Publicidade

David Letterman começou a carreira de apresentador de talk-show em fevereiro de 1982 com o programa Late Night with David Letterman, da NBC, que ficou no ar durante 11 anos e venceu cinco prêmios Emmy. Mudou-se para a CBS em 1993, onde ganhou o The Late Show. Com o episódio de 20 de maio de 2015, o apresentador terá completado 6.028 episódios de programas de entrevistas.

(Da redação)

Publicidade