A guerra continua: Naldo quer proibir ex de citar nome de Moranguinho

Briga judicial entre eles já envolveu pensão do filho, hoje fixada em R$ 25 mil

Por Da Redação - 12 nov 2013, 17h13
O funkeiro Naldo no programa Esquenta!, da TV Globo O funkeiro Naldo no programa Esquenta!, da TV Globo

O funkeiro Naldo no programa Esquenta!, da TV Globo /

A batalha travada entre o funkeiro Naldo e a ex-mulher parece cada vez mais longe do fim. Em meio a uma troca de ofensas na imprensa e redes sociais – que envolvem até o filho adolescente deles – o cantor agora quer impedir Branka Silva de citar o nome da atual mulher dele, Ellen Cardoso, a Moranguinho, ou comentar qualquer fato de sua vida pessoal.

Naldo acusa a ex de usar o Instagram do filho, Pablo, para ofendê-lo. Moranguinho também seria alvo, segundo ele. “O que minha companheira ouviu, de ser xingada de mulher que faz programa fez muito mal a nós. Agora chega”, desabafou, em entrevista ao jornal Extra, afirmando que Branka nunca aceitou o fim do relacionamento e que a situação se complicou depois que ele decidiu se casar de novo.

E quando se pensa que nenhum deles pode ir mais baixo, vem o funkeiro e diz ter medo até de ser assassinado pela ex. “Tenho que andar me resguardando o tempo inteiro, por questões de segurança, porque não sei se ela pode atentar contra a minha vida e da minha mulher. Branka foi atrás de mim duas vezes armada, para me matar. Tenho provas disso”, contou, ao mesmo jornal.

Antes, a briga era em função da pensão que o cantor paga para o filho, e que a ex afirmava estar atrasada. Na semana passada, a Justiça fixou em 25.000 reais o valor mensal. Naldo afirma que “dá para um adolescente viver muito bem com isso”, e acrescentou que já deu um carro para Branka e pagava o aluguel da casa onde ela morava com o garoto de 16 anos.

Publicidade

Amor de Chocolate

.

Chantilly

Publicidade

.

Exagerado

.

Se Joga

Publicidade

.

Deixa Eu Te Pegar

.

Publicidade