Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

’50 Tons’: ‘Grey’ já fez cenas fortes de sexo gay na TV

Ator, que protagonizou a série de TV 'Queer as a Folk', diz que está preparado e já sente a maior química entre ele e a atriz Dakota Johnson, a 'Anastasia'

Se as cenas de sexo foram um impeditivo para que alguns atores aceitassem o papel principal na adaptação de Cinquenta Tons de Cinza — não se sabe ao certo por que Ryan Gosling e Christian Cooke disseram não ao projeto –, esse certamente não seria um obstáculo para Charlie Hunnam, anunciado na última semana como intérprete do galã sadomasoquista criado pela britânica E. L. James. Hunnam tem expertise no assunto: quando tinha apenas 18 anos, estreou na TV na caliente Queer as a Folk (algo como Gays como Ninguém), minissérie marcada por cenas de sexo entre homens.

ENQUETE: Você aprova a escolha do elenco de ’50 Tons de Cinza’?

“Meu primeiro trabalho foi no Chaneel 4, na minissérie Queer as Folk. Havia cenas de sexo incrivelmente explícito”, disse ele à imprensa americana neste fim de semana, durante a première da sexta temporada de Sons of Anarchy, série do canal FX de que Hunnam faz parte. “Se eu pude fazer isso com um cara, quando tinha 18 anos, por que não poderia fazer agora com uma garota, quando tenho 33?”

LEIA TAMBÉM:

Fãs de ’50 Tons’ fazem abaixo-assinado por troca de atores

Autora de ’50 Tons de Cinza’ é a mais bem paga do mundo

A namorada do ator deve ser bem liberal. Segundo Hunnan, foi ela, a designer de joias Morgana McNelis, quem o ajudou a tomar a decisão de participar do projeto.