Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

USP vai usar o Enem para preencher 1.499 vagas

Em caráter experimental, universidade reservará 13,5% das vagas do próximo vestibular para o Sisu, em vez da tradicional prova da Fuvest

Algumas unidades da Universidade de São Paulo (USP) vão usar o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) como alternativa ao seu tradicional vestibular, a Fuvest, para o preenchimento de vagas. A medida foi tomada nesta terça-feira pelo Conselho Universitário e já passa a valer para a seleção de alunos das turmas de 2016.

Do total de 11.057 vagas oferecidas no próximo vestibular, 1.499 (13,5%) serão destinadas ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação, que leva em conta o desempenho dos alunos no Enem, e 9.558 vagas continuarão a ser selecionadas pela Fuvest.

Das 1.499 vagas destinadas ao Sisu, 423 vagas são na área de Ciências Exatas e Tecnologia, 348 na área de Ciências Biológicas e 728 em Humanidades. Entre as carreiras contempladas, estão Direito, Letras, Química, Física, Geofísica, Pedagogia, Ciências Sociais, Matemática, Agronomia, Ciências da Computação, Ciências Biológicas, Farmácia, Psicologia, Nutrição e Zootecnia, entre outras.

Experimental – Segundo comunicado da assessoria de imprensa da USP, a participação no Sisu terá caráter experimental. Algumas das unidades mais tradicionais da USP, como a Faculdade de Medicina e a Politécnica, não adotarão a nota do Enem como alternativa à Fuvest.

(com Agência Brasil)