Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Universidades federais no Ceará encerram greve

Paralisação nas unidades do estado durou 70 dias

Por Da Redação 22 ago 2012, 15h46

Por 159 votos contra cinco e 11 abstenções, os professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) decidiram nesta quarta-feira encerrar a greve iniciada no dia 12 de junho passado. O Conselho Universitário de cada uma das duas universidades vai se reunir para definir o calendário de reposição das aulas e o início do segundo semestre.

Tema em Foco: Crise nas universidades federais

Governo propõe reajuste aos professores de instituições federais

A pauta inicial da assembleia desta quarta-feira era a apreciação de uma contraproposta, que seria apresentada ao governo federal. Porém, durante a reunião, a maioria dos professores decidiu colocar em votação o fim da paralisação. Os docentes cearenses, então, aceitaram a proposta do Ministério da Educação que prevê aumento salarial médio de 15,8%.

(Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade