Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Um em cada quatro inscritos falta ao Enem 2011

Inep minimiza falhas, como vazamento de tema de redação

Por Luciana Marques, de Brasília 23 out 2011, 20h24

Enem: cobertura completa

Confira o gabarito do sábado:

Provas azul, amarela, branca e rosa

Confira o gabarito do domingo:

Provas azul, amarela, branca e rosa

Leia também:

Professor dá dicas de última hora em SP

Matemática é preocupação no Rio

Continua após a publicidade

Jovem se atrasa e ganha 5 minutos de fama

Receba a correção da prova no seu e-mail

Repórter vira fiscal de prova no Enem 2011

Confira todas as notícias sobre o Enem aqui

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011 registrou abstenção média de 26,4%, nos dois dias de avaliação, ou seja, 1.416.912 candidatos não fizeram as provas. Segundo o Ministério da Educação (MEC), a percentagem foi menor do que a média do ano passado, de 28%. A abstenção do domingo foi de 27,6%; e a do sábado, 25,2%.

As unidades federativas onde a média de faltosos foi maior são Distrito Federal (34,12%), Amazonas (32,86%) e Roraima (32,43%). Os menores índices foram registrados no Piauí (21,41%), Santa Catarina (22,41%) e Acre (22,78%). A edição de 2011 do Enem teve número recorde de inscritos: 5.367.092.

A partir desta segunda-feira, as provas aplicadas no fim de semana estarão disponíveis no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do Ministério da Educação responsável pela realização do Enem. Os gabaritos devem ser divulgados até quarta-feira no site do Inep.

Segundo o MEC, não houve incidentes durante a realização das provas neste domingo. Apesar da afirmação, várias ocorrências foram registradas. No sábado, um jornalista conseguiu se credenciar, instantes antes do exame, como fiscal da avaliação – a promessa do Inep é que esses seriam profissionais previamente selecionados e treinados. No domingo, o tema da redação vazou na internet menos de uma hora após o início da prova, ou seja, antes mesmo que os participantes pudessem deixar as salas de prova. A assessoria do Inep minimizou o caso dizendo que o vazamento ocorreu depois da entrega das provas e que, portanto, não causou prejuízos aos candidatos.

Eliminação – O Ministério da Educação (MEC) eliminou neste domingo mais três candidatos que faziam as provas. Eles acessaram o Twitter pelo celular dentro da sala de realização do exame. Os fiscais viram que os estudantes estavam usando o celular e retiraram os candidatos da sala. Os casos ocorreram em Salvador (BA), São José dos Pinhais (PR) e Parauapebas (PA).

No sábado, primeiro dia de provas, oito participantes foram eliminados porque acessaram o Twitter. O Instituto Nacional de Estudo e Pesquisas Educacionais (Inep), que monitorou o microblog em busca de candidatos infratores, identificou os casos em Arari (MA), Foz do Iguaçu (PR), Guaíba (RS), Itararé (SP), Rio de Janeiro (RJ), Sananduva (RS), Santarém (PA) e Santo André (SP).

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)