Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

SP vai convocar 30.000 professores aprovados em concurso

Outros 15.000 profissionais já haviam sido chamados em janeiro

Por Da Redação 25 abr 2014, 16h27

A Secretaria Estadual de Educação de São Paulo vai convocar, na próxima semana, 30.000 professores para assumirem aulas na rede paulista. Os nomes serão publicados no Diário Oficial na terça-feira. A lista de aprovados foi divulgada em dezembro de 2013 e, em janeiro deste ano, 15.000 já foram chamados para assumir os cargos.

A atribuição das aulas é feita com base no desempenho no concurso realizado em novembro do ano passado, com 59.000 vagas – o maior certame já realizado na rede estadual. Os professores devem comparecer no dia 5 de maio na diretoria de ensino de sua preferência para escolher as escolas onde podem trabalhar.

Aqueles que tiveram melhor pontuação na prova podem selecionar a escola primeiro. Após a escolha de aulas, os futuros professores passam por perícia médica antes de tomarem posse do cargo.

O salário base da rede é de 2.257,84 reais por 40 horas de trabalho semanal, podendo aumentar de acordo com a evolução funcional. Segundo a Secretaria de Educação, a rede estadual tem uma política salarial que prevê um aumento escalonado de 45% até 2015. Neste ano, a remuneração inicial chegará a 2.415,89 reais para 40 horas.

O concurso realizado teve 322.7000 inscrições e é voltado a educadores que atuam nos anos finais do ensino fundamental e ensino médio das disciplinas de arte, biologia, ciências físicas e biológicas, educação física, física, filosofia, geografia, história, espanhol, inglês, português, matemática, química, sociologia ou para atuar nas áreas da educação especial.

Leia também:

SP divulga lista de aprovados na 1ª fase de concurso para 59.000 professores

Apenas 32,8% dos professores têm formação específica

Programa do MEC que oferece cursos de licenciatura tem 50% de vagas ociosas

Continua após a publicidade
Publicidade