Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sobram vagas em programa para formação de professores

Cerca de 40% das vagas ofertadas pelo MEC ainda não foram preenchidas

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou, pela segunda vez, o prazo para que professores da rede pública possam se inscrever em cursos de formação continuada oferecidos pelo governo federal em parceria com instituições públicas de ensino superior. As inscrições podem ser feitas até a sexta-feira.

Neste ano, o MEC oferece 86.000 vagas e, até o momento, apenas 50.000, ou 58%, foram solicitadas pela direção das escolas. Cerca de 36.000 seguem ociosas. Lançado em 2009, o Plano Nacional de Formação de Professores tem como objetivo capacitar docentes que não têm a formação mínima exigida por lei – ou não fizeram o ensino superior ou cursaram graduação em áreas diferentes daquela que lecionam. Para os que já concluíram essa etapa, são oferecidas vagas em cursos de capacitação em universidades públicas.

De acordo com o MEC ainda sobram vagas em 23 estados e o Distrito Federal. Entre os estados com menor participação estão Amazonas, Pernambuco e Rio de Janeiro. Nessas unidades da Federação, apenas 6%, 9% e 12% das vagas disponíveis foram solicitadas, respectivamente. Apenas no Acre, em São Paulo e no Paraná a demanda é maior do que a oferta.

Os professores interessados nos cursos oferecidos devem solicitar ao diretor da escola onde trabalha que realize sua inscrição. Em seguida, o educador inscrito pela escola deve confirmar se quer ou não participar do curso até dia 12. A lista dos cursos disponíveis, com informações sobre a duração e o conteúdo de cada um deles, está disponível na página do programa na internet.