Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sisu oferece 171.000 vagas em cursos de ensino superior

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Universidade de Brasília (UnB) aderem ao sistema; inscrições começam na segunda-feira e vão até o dia 10

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 poderão concorrer a 171.756 vagas em instituições públicas de ensino superior a partir de segunda-feira, 6, quando o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abrirá as inscrições. O número de vagas é 33% maior do que o ofertado no primeiro semestre de 2013.

Leia também:

Notas do Enem serão divulgadas nesta semana

MEC divulga consulta às vagas do Sisu

O Sisu centraliza as vagas em instituições de ensino superior, sobretudo federais, que adotam o Enem como processo seletivo. As inscrições vão até o dia 10 de janeiro e devem ser feitas pelo site do programa.

Neste ano, o Sisu teve adesão de 115 instituições, ante 101 em 2013. O número de cursos também aumentou, chegando a 4.731 opções (salto de 26%). A maior concentração está no Nordeste – quase 40% das vagas -, seguido por Sudeste (28%), Sul (13%), Centro-Oeste (12,5%) e Norte (7%).

Novas adesões – O Estado com a maior oferta de vagas é Minas Gerais (20.029), que também responde pelo maior número de instituições de ensino participantes. Entre elas está a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que estreia este ano no Sisu. Segunda maior federal do país, ficando atrás apenas da Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a UFMG oferecerá 3.535 vagas em 77 cursos.

Outra grande universidade federal a aderir ao Sisu em 2014 é a de Brasília (UnB), que preencherá 50% de suas vagas por meio do Enem. A instituição tem 88 cursos no sistema, totalizando 1.986 vagas.

Todas as 59 universidade federais brasileiras usam o Enem de alguma forma para admissão de novos alunos. Algumas, no entanto, ainda não aderiram à seleção unificada. É o caso das federais de Santa Catarina (UFSC) e do Rio Grande do Sul (UFRGS), em que o exame conta pontos na nota final do candidato, após ele realizar vestibular próprio das instituições.

As três universidades federais do Estado de São Paulo, além do Instituto Federal de Educação (IFSP, antigo Cefet-SP) integram o Sisu. A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), entretanto, adota vestibular próprio para cursos da área de saúde, como Medicina. Neste Sisu, São Paulo tem 10.304 vagas – 8% a mais do que em 2013.

Leia também:

Teste vocacional: descubra as carreiras que têm mais a ver com você

Teste: dinheiro, aprendizado, segurança? Descubra qual a sua motivação

Faça um balanço de sua carreira em 2013. E planeje as mudanças para 2014

(Com Estadão Conteúdo)