Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Reta final do Enem: prepare-se estudando 1 hora ao dia

VEJA.com e startup AppProva oferecem dez provas curtas por semana

Por Luana Massuella 17 out 2014, 13h21

Os candidatos que vão realizar o Enem 2014, nos dias 8 e 9 de novembro, podem revisar os conteúdos cobrados na prova federal estudando uma hora por dia. É o Aquecimento Enem. Parceria entre VEJA.com e a startup AppProva coloca à disposição dez provas curtas por semana. Assim, os estudantes podem se preparar para a avaliação realizando testes menos cansativos do que os extensos simulados de 180 questões. Para participar, basta acessar a página do AppProva e, em seguida, logar-se usando uma conta do Facebook ou Google+. O passo final é preencher um cadastro – em caso de dúvida, confira o passo a passo.

As provas são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 7 de novembro. Cada uma delas apresenta seis testes de múltipla escolha relativos às quatro grandes áreas do Enem. A cada semana, serão duas provas de ciências humanas, duas de ciências da natureza, duas de linguagens, duas de matemática e uma de inglês – a de espanhol será disponibilizada a cada duas semanas. Cada uma delas deve ser realizadas em, no máximo, 15 minutos. Ao fim das quatros semanas de aquecimento, serão 240 questões resolvidas.

Leia também:

Cinco temas para treinar a redação do Enem 2014

Temas de atualidades que podem cair no Enem e vestibulares 2014/15

Continua após a publicidade

Manual do Enem 2014: o que fazer antes, durante e depois da prova

“A ideia é que os alunos mantenham o ritmo da preparação e identifiquem as áreas em que precisam melhorar”, diz Matheus Goyás, diretor de estratégia do AppProva.

Após o encerramento de cada simulado, os candidatos saberão quantas questões erraram e quantas acertaram. Às segundas-feiras, a partir das 22h, os participantes terão acesso a uma avaliação estatística, que vai revelar como cada um se saiu em relação aos demais e também nas áreas, disciplinas e habilidades específicas.

O AppProva foi criado em 2012 e já ajudou na preparação de mais de 500.000 estudantes. A ajuda é indispensável, uma vez que no Enem 2014, serão 8,7 milhões participantes disputando vagas em universidades públicas e privadas, bolsas de estudo no Brasil e no exterior e cursos técnicos.

Continua após a publicidade

Publicidade