Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Qualidade do ensino avança no fundamental mas estaciona no médio, diz Ideb

Dados foram divulgados pelo Ministério da Educação nesta quinta-feira

Por Da Redação 1 jul 2010, 18h00

Divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Educação (MEC), o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2009 mostra que o nível do ensino fundamental melhorou de forma significativa nos últimos dois anos. Já no ensino médio os avanços foram tímidos.

De acordo com os dados pelo MEC, todas as unidades de ensino superaram as metas estabelecidas para 2009. A faixa que teve o melhor desempenho foi a primeira fase do ensino fundamental (de 1ª a 4ª série), com índice 4,6 pontos – crescimento de 0,4 ponto em relação a 2007 e 0,4 ponto acima da meta para este ano. Na segunda fase (de 5ª a 8ª série), o índice alcançou 4,0 – ou seja, 0,2 ponto a mais que há dois anos e 0,3 ponto acima da meta.

No ensino médio, o ritmo foi mais lento: o crescimento registrado foi de apenas 0,1 ponto em relação a 2007, passando de 3,5 pontos para 3,6 pontos – 0,1 ponto acima da meta estipulada em 2005. Sobre o desempenho, Fernando Haddad, ministro da Educação afirmou que o ritmo mais lento no ensino médio se deve ao fato de que os alunos que estão nessa etapa atualmente ingressaram na escola quando a qualidade era pior.

Até 2022 o MEC pretende alcançar a meta de 6,0 pontos, a média dos países desenvolvidos da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). A escala do Ideb vai de zero a dez.

Indicador – Criado em 2007, o Ideb leva em consideração dois fatores que interferem na qualidade do ensino: a aprovação dos alunos brasileiros e do desempenho deles em português e matemática. O indicador é calculado a partir dos dados obtidos no censo escolar e de médias de desempenho nas avaliações do Saeb e na Prova Brasil. A combinação entre fluxo e aprendizagem resulta em uma média para cada estado, município e país, que será divulgada na próxima semana.

O Ideb é também o indicador que o MEC leva em consideração para verificar o cumprimento das metas fixadas no Compromisso Todos pela Educação. Há indicadores por redes de ensino referentes a 1ª e 2ª fases do ensino fundamental e para o ensino médio.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês