Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Professores da rede municipal do Rio suspendem greve

Paralisada há mais de um mês, categoria reivindica reajuste salarial de 19%

Os professores da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro decidiram nesta terça-feira encerrar a greve que já durava mais de um mês. Após assembleia realizada na Tijuca, Zona Norte da capital, o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) informou que os profissionais permanecerão em “estado de greve”, mas voltarão ao trabalho para não prejudicar ainda mais os cerca de 30.000 alunos que estão sem aula desde o dia 8 de agosto.

A mesa diretora do Sepe deve definir nos próximos dias o calendário de reposição. Nesta quarta-feira, às 14h, será a vez da rede estadual deve decidir o destino de sua paralisação. Na semana passada, a Justiça já havia determinado a suspensão das greves, mas o sindicato recorreu da decisão. A categoria exige uma reunião com o governador Sérgio Cabral ou o vice Luiz Fernando Pezão.

Os professores reivindicam reajuste salarial, plano de carreira e melhores condições de trabalho. Desde o início da greve, a categoria promoveu uma série de protestos pela cidade. No último, uma das principais vias do Centro, a Rio Branco, chegou a ser fechada por quase uma hora.

Leia também:

Professores em greve ocupam prédio do governo do estado

Justiça do Rio manda professor voltar ao trabalho em 48h