Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nem metade dos alunos consegue renovar Fies

MEC garantiu que todos os 1,9 milhão de alunos renovariam o contrato do financiamento, mas cerca de 800 mil o fizeram até o momento

Menos da metade dos alunos com contratos ativos do Financiamento Estudantil (Fies) conseguiram renová-los até esta quarta-feira, 40 dias depois que o sistema online foi aberto. Isso representa cerca de 800 mil alunos, segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

O prazo vai até 30 de abril. O Ministério da Educação (MEC) assegurou que todos os 1,9 milhão de estudantes com Fies têm garantia de renovação. Com o objetivo de frear os gastos com o programa, o MEC promoveu, desde o fim de 2014, uma série de restrições no acesso ao Fies, que financia alunos em universidades particulares.

Leia também:

Universitários relatam dificuldades para inscrição no Fies

MEC atrasa repasse do Fies às universidades

Escolas profissionalizantes ainda não receberam parcelas atrasadas do Pronatec

O sistema eletrônico do MEC tem apresentado vários problemas de instabilidade de conexão – o que, somado às restrições, tem causado até confusão entre alunos. Muitos se dirigiram às instituições, como o que aconteceu esta semana na FMU, na região central de São Paulo. Houve a distribuição de senhas e alunos dormiram na rua para tentar garantir o benefício.

O sistema online ficou fechado neste ano até 28 de janeiro, quando foi aberto apenas para renovações. O MEC garante que o prazo será suficiente para os aditamentos. O mesmo não é garantido nos novos contratos. Com limitações regionais e por tipo de curso, definidas pelo MEC, mas não detalhadas, estima-se que somente 250 mil novos contratos sejam realizados em 2015. Não chega à metade da marca de 2014, quando houve 700 mil financiamentos.

O site para novas adesões foi aberto no dia 23 de fevereiro e também fecha no fim de abril. Desde 2010, quando o Fies foi reformulado, com facilitações nas condições de pagamento, o sistema ficava aberto o ano todo. Em 2014, os gastos no Fies chegaram a 13,7 bilhões de reais.

(Com Estadão Conteúdo)