Clique e assine com até 92% de desconto

MPF pede que Inep divulgue critérios de correção do Enem

Segundo o órgão, muitos estudantes questionaram as notas publicadas na última semana

Por Da Redação 27 dez 2011, 20h26

O Ministério Público Federal (MPF) do Ceará pediu ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) que divulgue os critérios de correção das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O pedido consta em uma nova ação civil pública que o MPF deu entrada na segunda-feira, na Justiça Federal. Em comunicado, o órgão afirmou que muitos candidatos questionaram as notas publicadas na última semana.

Segundo o procurador da República Oscar Costa Filho, autor da ação, os estudantes alegam não saber “quais são as questões classificadas pelo Inep como fáceis e difíceis”. Tal classificação interfere diretamente na pontuação das provas objetivas. De acordo com o comunicado, a ação cita o exemplo de um estudante que, segundo o jornal O Estado de S. Paulo, acertou todas as questões das provas de Matemática e Ciências da Natureza, mas obteve pontuações diferentes em cada uma.

O MPF reforçou ainda a importância da divulgação, tendo em vista que as notas obtidas no exame serão utilizadas no processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Procurado pelo site de VEJA, o Ministério da Educação, pasta a qual o Inep é vinculado, afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que ainda não recebeu a notificação a respeito da ação – e que só se pronunciará quando recebê-la.

Continua após a publicidade
Publicidade