Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MEC volta a suspenser vestibular da Galileo Educacional

Determinação afeta cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Gama Filho (UGF) e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade)

Portaria do Ministério da Educação publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União suspende novamente o ingresso de novos alunos na Universidade Gama Filho (UGF) e no Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), instituições de ensino superior do Rio de Janeiro mantidas pela empresa Galileo Educacional. A suspensão se estende a qualquer processo seletivo de graduação e pós-graduação, como vestibular ou transferência de estudantes.

De acordo com o MEC, a medida foi tomada porque as instituições “descumpriram termos de saneamento de deficiências (TSDs) firmados pela mantenedora com o Ministério da Educação”. Em agosto, determinação semelhante já havia sido publicada, também bloqueando a admissão de novos alunos. Os vestibulares, porém, foram reabertos em outubro.

O MEC também vetou a participação das duas universidades em processos seletivos de oferta de bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni), do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e de novos contratos pelo Financiamento Estudantil (Fies). A abertura de novos cursos e de novas vagas nas instituições foi igualmente suspensa.

A UGF e a UniverCidade têm 15 dias para apresentar defesa e fornecer ao MEC informações dos cursos de graduação e pós-graduação. Também foi estabelecido o prazo de 30 dias para que as universidades possam entrar com recurso contra as medidas cautelares.