Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MEC suspende vestibulares de duas universidades do Rio

Universidade Gama Filho (UGF) e Centro Universitário da Cidade (UniverCidade) estão com salários atrasados

O Ministério da Educação (MEC) suspendeu os vestibulares da Universidade Gama Filho (UGF) e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), instituições de ensino superior do Rio de Janeiro administradas pela empresa Galileo Educacional. De acordo com o MEC, a medida cautelar foi adotada porque a entidade mantenedora descumpriu compromissos trabalhistas, o que inclui salários atrasados aos corpos docente e administrativo. A determinação foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

A suspensão, imediata para ambas as universidades, incide sobre todas as provas de admissão de novos alunos: graduação, pós-graduação e transferência, nas modalidades presenciais e à distância. Os vestibulares seriam aplicados neste domingo.

A medida cautelar ficará em vigor até que a Galileo Educacional volte a cumprir os acordos trabalhistas e comprove, por meio de documentos hábeis, que terá disponibilidade financeira para voltar a pagar em dia os salários de seus funcionários. Até o fechamento desta reportagem, a Galileo Educacional não se posicionou sobre a decisão.

Greve – Devido ao atraso do pagamento dos salários, os funcionários administrativos da UGF entraram em greve nesta sexta-feira e só voltarão ao trabalho na próxima semana, de acordo com comunicado da reitoria. As provas que seriam realizadas na sexta-feira ou no sábado foram adiadas.

Além disso, estudantes da UGF ocupam a reitoria da universidade desde o dia 16 de julho, segundo o jornal O Globo. Entre as reivindicações, os alunos pedem o pagamento dos salários atrasados e o afastamento da Galileo Educacional como mantenedora da UGF.