Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jovem reclama de novo emprego e é demitida pelo Twitter

Americana postou reclamação na rede social e foi demitida antes de começar no novo trabalho em uma pizzaria

Uma adolescente americana, identificada como Cella no Twitter, conseguiu um emprego em uma pizzaria na cidade de Mansfield, no Texas, mas um desabafo na rede social acabou em demissão antes mesmo que ela conhecesse seus colegas de trabalho. “Começo nesse trabalho de m* amanhã”, dizia a postagem publicada na véspera de seu primeiro dia.

Na manhã do grande dia, Cella encontrou a resposta de seu quase-chefe: “E…não, você não começa nesse trabalho de m* hoje! Eu acabo de te demitir! Boa sorte na sua vida sem dinheiro e sem emprego!”, dizia o tweet do dono da pizzaria.

Leia também:

Teste vocacional: saiba quais profissões não combinam com você

As 10 coisas que os brasileiros mais odeiam no trabalho

O dono da pizzaria, Robert Waple, foi avisado da publicação da nova contratada por outro funcionário. Apesar de não frequentar o Twitter há muito tempo, Waple decidiu voltar à rede social especialmente para demitir a recém-contratada. Em outra postagem, posteriormente apagada, Waple também chegou a dizer: “(O funcionário) tem que trabalhar no caixa, anotar pedidos pelo telefone, fazer sanduíches e saladas e comer pizza de graça. O quão difícil seria isso?”.

Já a jovem americana reagiu com bom humor à situação. “Fui demitida pelo Twitter!”, publicou.

Cuidados nas redes – Luís Testa, diretor de pesquisa estratégia e marketing da Catho, alerta que as publicações nas redes sociais afetam o ambiente profissional. “No universo corporativo, não existe um manual de conduta em redes sociais. Mas cabe a seguinte reflexão: antes de publicar uma mensagem no Facebook ou Twitter, pense se você expressaria esta opinião no corredor da sua empresa, para qualquer pessoa ouvir. Se ela não cabe nestas ocasiões, não deveria ser publicada”, diz Testa.

Expor opiniões que podem incomodar ou ofender pessoas com visões diferentes também deve ser evitado. “Ao se expor publicamente, principalmente sobre temas sensíveis como religião, política ou futebol, estamos assumindo o risco de atingir pessoas com opiniões contrárias”, diz Testa. O especialista lembra que a repercussão de opiniões pessoais mudou com as redes sociais. “Atualmente, o potencial impacto de uma declaração é muito maior”.

“Começo nesse trabalho de m* amanhã” “Começo nesse trabalho de m* amanhã”

“Começo nesse trabalho de m* amanhã” (/)

“E...não, você não começa nesse trabalho de m* hoje! Eu acabo de te demitir! Boa sorte na sua vida sem dinheiro e sem emprego!” “E…não, você não começa nesse trabalho de m* hoje! Eu acabo de te demitir! Boa sorte na sua vida sem dinheiro e sem emprego!”

“E…não, você não começa nesse trabalho de m* hoje! Eu acabo de te demitir! Boa sorte na sua vida sem dinheiro e sem emprego!” (/)

“Eu fui demitida pelo Twitter” “Eu fui demitida pelo Twitter”

“Eu fui demitida pelo Twitter” (/)