Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo reserva 176 vagas do Sisu para política de cotas

De acordo com o MEC, as vagas ainda podem ser preenchidas ao fim das três chamadas previstas

O Ministério da Educação (MEC) informou nesta terça-feira que 176 vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foram reservadas para a políticas de cotas do governo federal. Isso significa que elas só podem ser ocupadas por candidatos com deficiência, indígenas ou professores da rede pública de educação básica.

As vagas reservadas só poderão ser disputadas por todos os estudantes ao fim das três chamadas previstas no calendário do Sisu. A terceira e última chamada sairá no dia 13 de fevereiro, com matrículas entre 15 e 16 do mesmo mês. Depois desse período, as universidades devem convocar para as vagas não preenchidas os candidatos que estiverem na lista de espera.

As oportunidades são oferecidas em cursos de licenciatura, bacharelado e técnico superior, em turno integral ou somente no período da manhã, tarde ou noite. São 84 cursos de sete instituições em diversas áreas, com vagas são nos estados da Bahia, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Tocantins.

As inscrições no Sisu foram encerradas na última quinta-feira, com mais 2 milhões de inscritos – o que corresponde a pouco mais de 1 milhão de candidatos. Na primeira chamada, publicada antecipamente do domingo, foram convocados 82.949 estudantes para 83 instutições públicas de ensino superior. Os convocados deverão efetuar matrículas nas universidades escolhidas entre os dias 27 e 31 de janeiro.