Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eventos em SP oferecem bolsas de MBA e pós no exterior

A partir de sábado, o Hotel Transamérica recebe eventos para os interessados em cursos nos Estados Unidos e Europa

A partir deste sábado, São Paulo recebe três feiras voltadas para os interessados em cursos de graduação, MBA e pós-graduação no exterior, no Hotel Transamérica. As inscrições para os eventos são gratuitas e podem ser feitas pelos sites da QS World MBA Tour, QS World University Tour e QS World Grad School Tour.

Leia também:
Inscrição para bolsa de doutorado no exterior é prorrogada
Governo britânico oferece bolsas de estudos para brasileiros 

Organizadas pela consultoria britânica Quacquarelli Symonds (QS), responsável por rankings universitários reconhecidos entre estudantes e a comunidade acadêmica, as feiras vão oferecer bolsas de estudos de MBA e pós-graduação aos participantes. De acordo com a QS, dez estudantes serão contemplados com o benefício e, em média, receberão 10.000 dólares para bancar os gastos no exterior.

Durante os eventos, os estudantes poderão assistir a palestras de instituições interessadas em receber alunos brasileiros, como a Cambridge Judge Bussiness School, do Reino Unido, a Universidade IE, da Espanha, e a Escola de Negócios de Toulouse, da França.

Brasileiros no Exterior

O número de estudantes brasileiros aprovados em universidades americanas aumentou 34,8% em 2015.  Segundo levantamento da empresa Apply Brasil, que auxilia estudantes na inscrição para universidades americanas, em 2014, 5.094 alunos foram aprovados. No ano passado, foram 6.874. Para Mateus Benarrós, fundador da empresa, o aumento se deve principalmente ao melhor conhecimento dos alunos do processo de inscrição.

“Mas a situação das universidades do nosso país, com cada vez menos investimento, e a sensação de insegurança financeira no Brasil também influencia”, diz Benarrós, que estudou na Universidade de Yale, nos Estados Unidos.

Ele explica que o processo de admissão nas universidades americanas leva em consideração três quesitos: as notas no SAT (que não é obrigatório), o application (onde o aluno apresenta o histórico escolar, as atividades extracurriculares que já fez e conta sobre sua vida e objetivos) e os documentos financeiros. Segundo Benarrós, o aluno também deve ficar atento às bolsas, já que as universidades oferecem oportunidades. O custo médio para estudar nas instituições mais prestigiadas, como Harvard, Yale, Princeton e Columbia, é de até 75.000 dólares no ano. Em outras, a média é de 40.000 dólares ao ano.

(Com Estadão Conteúdo)