Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estudantes protestam contra falhas do Enem nesta quarta

Manifestações organizadas pelo Facebook acontecem em dez cidades

Estudantes de diversos estados protestarão na tarde desta quarta-feira contra as falhas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2011. Em páginas do Facebook, estão agendadas manifestações em ao menos nove cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Curitiba, Porto Alegre, Porto Velho, Teresina e Imperatriz, no Maranhão. Eles pedem mais eficiência na correção da redação do exame e transparência nos cálculos das notas das provas objetivas.

Leia também:

Confira as notas mínimas e máximas do Enem 2011

MEC volta atrás e cancela testes de mais 500 participantes do Enem

Para MPF, vazamento do Enem começou em Brasília

Colégio que vazou questões do Enem fiscalizou pré-teste da avaliação federal em 2010

MEC sabe há mais de um mês que PF colheu depoimentos que confirmam vazamento maior no Enem 2011

Os organizadores do evento escrevem: “Amigos, mais uma vez fomos testemunhas do grande fiasco que é o Enem, mesmo com sua proposta inteligente e inovadora. Por causa de politicagem e incompetência de muitos, mais uma vez ele apresentou falhas em sua realização: vazamento de provas (de novo), desvios absurdos, não possibilidade de revisão de prova e redações corrigidas sem critério e erroneamente.”

No dia 21 de dezembro, o Ministério da Educação (MEC) antecipou a divulgação do boletim de desempenho dos participantes do Enem 2011. Após a consulta às notas, muitos estudantes reclamaram da correção. De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, um estudante da capital paulista conseguiu na Justiça o direito de revisão da nota, que passou de zero para 880 pontos. Apesar da discrepância entre o antigo e o novo valor, o MEC alega não ter ocorrido erro de correção.

Na segunda-feira, o procurador da República no Ceará Oscar Costa Filho pediu à Justiça que a nota de redação seja desconsiderada no Sistema de Seleção Unificada (SiSU), programa do governo federal que escolhe candidatos para instituições públicas de ensino superior. As inscrições começam no próximo dia 7.

Na avaliação do procurador, a nota de redação e as notas das provas objetivas não poderiam ser combinadas em uma mesma seleção em função das diferentes metodologias de cálculo. As notas das provas objetivas são obtidas com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI), que leva em consideração erros e acertos dos candidatos e o nível de dificuldade das questões. A nota da redação não envolve aspectos estatísticos, tendo valor absoluto. “Consultei diversos especialistas e estou seguro da minha posição”, diz Costa Filho.

Leia também:

Confira as notas mínimas e máximas do Enem 2011

MEC volta atrás e cancela testes de mais 500 participantes do Enem

Para MPF, vazamento do Enem começou em Brasília

Colégio que vazou questões do Enem fiscalizou pré-teste da avaliação federal em 2010

MEC sabe há mais de um mês que PF colheu depoimentos que confirmam vazamento maior no Enem 2011