Clique e assine a partir de 9,90/mês

Estudantes opinam sobre o adiamento do Enem

Por Marina Dias - 1 out 2009, 14h01

“Eu não gostei nem um pouco da notícia sobre o cancelamento da prova. Todos os estudantes estavam preparados psicologicamente para fazer o Enem neste fim de semana e essa mudança me deixou indignada. Foi um descaso com os alunos, porque agora não sabemos o que vem por aí. Quando será a prova? E as universidades que iriam considerar o Enem como primeira fase? Ninguém sabe como isso vai ficar. Eu continuarei estudando, mas minha prioridade é a Fuvest, a Unicamp e a PUC-SP. Se o Enem for remarcado para o dia de uma dessas provas, eu não vou fazer.”

Bárbara Galli, 19 anos, vai prestar vestibular para Relações Internacionais

“O adiamento da prova foi bom. Tinha muita confusão por causa dos locais de prova, porque várias pessoas teriam que fazer o exame em lugares distantes de suas casas, e agora, com esse tempo maior, o Inep vai poder revisar essa questão. Além disso, terei mais tempo para estudar. Eu, que faço ensino médio e técnico, só tenho as noites e os fins de semana para me dedicar ao estudo. Com um mês a mais, ganho tempo para revisar conteúdos.”

Adriana Cabral Gomes, 17 anos, vai prestar o Enem para tentar uma vaga no ProUni

Continua após a publicidade

“Eu soube do cancelamento da prova hoje de manhã e achei complicado porque não sabemos como as universidades vão se posicionar: quem vai manter a nota do Enem como primeira fase, quem não vai mais considerar o exame ou ainda quem vai adiar o vestibular. Agora é hora de esperar uma posição do governo e também das universidades. Eu vou manter o ritmo de estudo, porque o meu foco é o vestibular da Fuvest, em novembro. Mas também vou prestar UFScar, que iria considerar o Enem como 50% da nota na primeira fase, mas agora não sei mais como vai ser. Se o Enem for remarcado para o mesmo dia da Unicamp, eu não vou fazer, vou preferir prestar o vestibular de fato”.

Ramon Scartezini, 20 anos, vai prestar vestibular para Direito e Engenharia

Publicidade