Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enem 2016: Aumenta em 46% o uso de nome social entre candidatos

O nome social é o nome escolhido por transgêneros, transexuais ou travestis, segundo o gênero com o qual se identificam. Ele será usado por 408 estudantes

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 teve aumento em 46% no número de travestis e transexuais que irão utilizar o nome social no exame. De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira pelo Instituto de Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), 408 estudantes tiveram a solicitação atendida – no Enem 2015, foram 278.

O nome social é o nome escolhido por cidadãos transgêneros, transexuais ou travestis, de acordo com o gênero com o qual se identificam, independente do que foi registrado na certidão de nascimento.

Leia também:
Sobe o número de alunos que usam nome social em escolas de SP
FAU-USP vai reservar 30% das vagas para alunos da rede pública 

O Inep afirma que recebeu, ao todo, 842 solicitações de participantes interessados em usar o nome social. Destas, o instituto reprovou 434, pois os candidatos não enviaram a documentação necessária, conforme exigia o edital do exame.

Desde a edição de 2014 é possível solicitar o uso do nome social no Enem e na ocasião foram feitos 102 pedidos.

Nome social – São Paulo lidera o ranking por estados, com 180 inscrições – no ano passado, foram 89 pedidos enviados ao Inep. Minas Gerais aparece em segundo lugar, com 37 solicitações e o Rio de Janeiro está na terceira posição, com 35. Apenas o Acre não teve pedidos em 2015 ou neste ano.

Para solicitar o uso do nome social nesta edição do Enem, o candidato deveria ter feito a inscrição do exame no mesmo prazo em que os outros participantes, entre 09 e 20 de maio. No período de 1º de junho a 8 de junho, o estudante formalizava o pedido do uso do nome social na prova via internet, com envio de um formulário disponível no site oficial e dos documentos pedidos pelo edital.

Enem 2016 – A edição deste ano teve 8,6 milhões de inscrições confirmadas. No Enem 2015, foram 7,7 milhões de candidatos confirmados. As provas serão em 5 e 6 de novembro. Os portões abrem às 12 horas, fecham às 13 horas e a aplicação da prova tem início às 13h30 para o público em geral (e às 19 horas para sabatistas).

Todos os inscritos terão o cartão de confirmação disponível na ‘Página do Participante’ no site oficial do exame. Neste documento, o estudante poderá encontrar informações como o endereço do local da prova e o número de inscrição. Não é obrigatório levar o cartão impresso nos dois dias de prova.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Roberto Flores Martins

    Grandes babacas! Estes esquerdopatas ,criadores do caos moral e do descalabro estão desacreditados e discursando para sua militância mortadela.

    Curtir