Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enem 2015: 7,7 milhões de estudantes inscritos nas provas

Este ano, número de participantes é 11% menor que o de 2014. Após a prova, o site de VEJA exibe o gabarito extraoficial com questões resolvidas pelos professores do Anglo Vestibulares

Pouco mais de 7,7 milhões de estudantes iniciam neste sábado (24) o primeiro dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). De acordo com dados do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), que organiza o exame, o número de 7.746.057 candidatos representa queda de 11,2% em relação a 2014 (que teve 8.722.239 inscritos), o que interrompe uma sequência de recordes registrada desde 2008. Os portões de acesso aos locais de prova abrem às 12 horas (horário de Brasília) e fecham às 13 horas e atrasos não serão tolerados.

Ao fim da tarde deste sábado e domingo, o site de VEJA exibirá o gabarito extraoficial da prova, com as questões do exame resolvidas pelos professores do Anglo Vestibulares. O gabarito oficial da prova será divulgado até esta quarta-feira (28).

Leia também:

Dois municípios de SC têm o Enem adiado por causa da chuva

Reta final para o Enem: dicas para chegar com tranquilidade ao local de prova

O Enem é um exame que, além de avaliar a qualidade do ensino médio nas escolas brasileiras, dá acesso a universidades federais, estaduais e privadas. As notas da prova também são utilizadas para obtenção de bolsas de estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni) e Ciência sem Fronteiras e para acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, o Enem concede diploma do ensino médio a pessoas com mais de 18 anos que atinjam média exigida pelo MEC.

Provas – Os participantes do Enem terão no primeiro dia quatro horas e meia para realizar duas provas objetivas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha. Serão realizados os testes de Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia) e de Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Química, Física e Biologia).

No domingo, os candidatos farão as provas de Linguagem, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Artes e Educação Física), Matemática e a redação. O tempo de realização da prova será de 5 horas e meia.

Até a última sexta-feira (23), 6,6 milhões de estudantes haviam acessado o cartão de confirmação da prova. Isso significa que aproximadamente 1 milhão de estudantes ainda não confirmou participação nas provas e não sabe onde realizará o exame.

Este ano, o cartão de confirmação do exame não foi distribuído pelos Correios – o acesso a ele é feito pela internet para a checagem de endereços e dos dados dos participantes. Apesar de não ser obrigatório para o acesso ao local de prova, o MEC aconselha a impressão do cartão. O ideal é que o candidato leve a cópia do cartão, que contém os detalhes do endereço do local de prova, junto com o documento de identidade com fotografia.

Segurança – Na última semana antes da prova, 3.528 candidatos tiveram seus locais de prova alterados pelo MEC. A mudança aconteceu devido a incêndios, enchentes ou unidades que já estavam comprometidos com outros eventos. Na sexta-feira (23), os municípios de Rio do Sul e Taió, em Santa Catarina, tiveram os exames adiados por causa das fortes chuvas na região – 4.542 estudantes foram afetados.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), as 16.600.734 provas impressas serão distribuídas para as salas por meio de 10.854 rotas. Ao todo, serão mobilizados 60 batalhões do Exército que vão fiscalizar 64.190 malotes de provas, equipados com cadeado eletrônico, o que possibilita o controle do horário de abertura de provas. De acordo com Aloizio Mercadante, ministro da Educação, trabalharão neste final de semana 30.435 pessoas nas equipes de segurança.

(Da redação)