Clique e assine a partir de 9,90/mês

Enem 2014: MEC divulga gabarito oficial

Médias dos participantes na prova só serão conhecidas em janeiro

Por Da Redação - 12 nov 2014, 09h05

O Ministério da Educação divulgou nesta quarta-feira o gabarito oficial do Enem 2014 – clique nos links abaixo para conferir cada um dos cadernos de prova (arquivo PDF). As médias finais dos participantes, contudo, só serão conhecidas em janeiro.

1º dia de prova, sábado

Azul

Amarelo

Branco

Rosa

2º dia de prova, domingo

Amarelo

Cinza

Azul

Rosa

É importante lembrar que, mesmo com o número de questões certas e erradas em mãos, os participantes ainda não poderão saber suas médias finais na prova. Isso porque o Enem utiliza a teoria da resposta ao item (TRI): para calcular as notas dos candidatos, são levadas em conta acertos e erros de cada participantes, mas também o desempenho dele em relação aos demais.

Continua após a publicidade

Leia também:

Manual do Candidato do Enem: o que fazer na inscrição, na prova e na matrícula

Teste vocacional: descubra as carreiras que têm mais a ver com você 20 questões para escolher uma carreira no Enem e nos demais vestibulares Seis formas de usar a nota do Enem TRI: como é calculada a nota do Enem

O uso da TRI torna menos intuitivo o cálculo das médias finais dos participantes. Porém, permite uma comparação precisa entre participantes e também entre as diferentes edições do Enem.

Após a divulgação das médias finais dos participantes, em janeiro, será aberta a temporada de disputa de vagas em universidades. Por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), os candidatos terão acesso às notas de corte relativa a carreiras e instituições de ensino: de acordo com seu desempenho no Enem poderão buscar a matrícula.

Os estudantes que têm dúvidas sobre qual carreira seguir podem buscar ajuda no teste vocacional elaborado pela orientadora Maria da Luz Calegari. A partir de um questionário que procura revelar o temperamento de cada um, o teste aponta as profissões mais afinadas com cada perfil.

Neste ano, 8,7 milhões de pessoas estavam habilitadas a participar do exame federal. Contudo, segundo o MEC, cerca de 2,5 milhões não compareceram aos locais de prova – um índice de abstenção de 28,64%.

Continua após a publicidade
Publicidade