Clique e assine a partir de 9,90/mês

Enem 2014: gabarito oficial será divulgado até quarta-feira

Resultado individual, com correção pela TRI, só sairá em janeiro. VEJA.com mostrou correção feita pelos professores do Anglo Vestibulares

Por Da Redação - 10 nov 2014, 17h26

Leia também:

Manual do Candidato do Enem: o que fazer na inscrição, na prova e na matrícula Teste vocacional: descubra as carreiras que têm mais a ver com você Temas de atualidades que podem cair no Enem e vestibulares 2014/15 20 questões para escolher uma carreira no Enem e nos demais vestibulares Cinco temas para treinar a redação do Enem 2014 Raio-x do Enem: os conteúdos mais cobrados desde 2009 Seis formas de usar a nota do Enem TRI: como é calculada a nota do Enem

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 será divulgado até quarta-feira, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação (MEC) responsável pela organização do exame. Os candidatos poderão consultar as respostas na página do Enem.

Os resultados individuais, com correção pela Teoria de Resposta ao Item (TRI), serão disponibilizados em janeiro. Os candidatos poderão consultar a resposta mediante a inserção do número de inscrição e senha na página do Enem.

Continua após a publicidade

Leia mais:

Confira gabarito extraoficial do 1º dia de prova

Confira gabarito extraoficial do 2º dia de prova

As provas foram aplicadas neste fim de semana em 1.700 cidades brasileiras. Segundo o MEC, pouco mais de 8,7 milhões estavam aptos a fazer a avaliação, número 21,6% superior ao registrado em 2013. Entretanto, quase 2,5 milhões faltaram na prova.

Continua após a publicidade

Além de avaliar a qualidade do ensino médio nas escolas brasileiras, o Enem também pode ser usado como porta de entrada para universidades federais, estaduais e privadas. A nota também pode ser utilizada para pleitear bolsas de estudo do Programa Universidade para Todos (ProUni) e Ciência sem Fronteiras e para acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para candidatos com mais de 18 anos que não terminaram o ensino médio, o Enem também pode ser usado para a obtenção do certificado de conclusão.

(Com Agência Brasil)

Publicidade