Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em São Paulo, começa fase semifinal do Prêmio Jovens Inspiradores 2013. Acompanhe

Durante todo o dia, os 25 semifinalistas assistirão a palestras e realizarão dinâmicas de grupo

Os 25 seminifalistas da segunda edição do Prêmio Jovens Inspiradores – parceria entre VEJA.com e a Fundação Estudar – participam nesta sexta-feira da Oficina Jovens Inspiradores, em São Paulo. Durante todo o dia, eles assistirão a palestras e realizarão dinâmicas de grupo. Confira a maratona de atividades no quadro a seguir:

https://storify.com/vejanoticias/oficina-premio-jovens-inspiradores-2013/embed?template=slideshow&border=false

Na primeira fase da edição de 2013, o PJI recebeu 16.737 inscrições de universitários e profissionais graduados com idades entre 16 e 34 anos e potencial para ajudar a transformar o Brasil. Eles enviaram currículos e um vídeo em que apresentaram suas realizações até aqui e projetos para o futuro. A partir da análise desse material, a comissão julgadora do Prêmio escolheu os 25 semifinalistas reunidos agora em São Paulo.

No próximo dia 18, a comissão anunciará os dez finalistas, a partir do desempenho deles na Oficina Jovens Inspiradores. Em dezembro, em cerimônia também na capital paulista, os finalistas apresentarão seus projetos para impactar o Brasil. Três deles serão eleitos vencedores: ganharão bolsas de estudo no exterior no valor de até 30.000 reais e um ano de orientação profissional (mentoring) com nomes de destaque do meio empresarial e político.

O Prêmio Jovens Inspiradores tem como objetivo identificar e encorajar jovens com espírito de liderança e potencial para assumir postos estratégicos para o desenvolvimento do país. Por trás do prémio está a visão de que, para se tornar um país mais justo, desenvolvido e bem administrado, o Brasil precisa formar líderes capazes de desatar os nós que ainda tolhem os setores público e privado.

Leia também:

Jovens transformam crowdlearning na ‘escola dos sonhos’

Larissa Maranhão, vencedora do PJI 2012, fala de planos e de Harvard

As cinco lições dos jovens empreendedores brasileiros