Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Educadora Maria Inês Fini é a nova presidente do Inep

Em primeira passagem no Instituto, entre 1996 e 2002, ela foi responsável pela criação e aplicação do Enem

Na última segunda-feira, Maria Inês Fini foi anunciada como a nova presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), de acordo com nota oficial do Ministério da Educação (MEC).

A educadora foi diretora de avaliações do Inep entre 1996 e 2002, sendo responsável pela criação e aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Maria Inês irá substituir o sociólogo Luiz Roberto Curi, que ocupava o cargo desde março deste ano.

Leia também:

Enem 2016: inscritos no exame são mais de 4 milhões

Após críticas, currículo nacional ganha segunda versão

A nova presidente foi fundadora da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde atuou de 1972 a 1996. Maria Inês também trabalhou na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, de 2007 a 2010. No órgão, desenvolveu projetos de reestruturação curricular, capacitação profissional e bônus para os professores por rendimento.

Em sua participação anterior no Inep, a educadora participou da elaboração do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), realizado pelo Inep desde 2002, e foi Diretora do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) no Brasil.

Ligado ao MEC, o Inep promove estudos, pesquisas e avaliações do sistema educacional brasileiro. Além do Enem, cuida de avaliações como a Prova Brasil. Também produz os censos escolares e da educação superior.

Formação da nova pasta – Maria Inês Fini é a segunda confirmação da pasta. A Secretaria Executiva será ocupada por Maria Helena Guimarães de Castro. Maria Helena foi secretária de Educação do Estado de São Paulo e presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) entre 1995 e 2001, no governo de Fernando Henrique Cardoso.