Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Dormir depois da aula faz bem, mostra pesquisa

Estudo brasileiro sugere que quem tira uma soneca vai melhor na escola

Por Da Redação 27 jul 2010, 10h37

A famosa soneca depois da escola já não precisa preocupar os pais. Pelo menos é isso que sugere uma pesquisa divulgada nesta terça-feira. O estudo, coordenado pelo Instituto Internacional de Neurociências de Natal (RN), mostra que dormir após a aula pode ajudar o estudante a memorizar o que lhe foi ensinado.

Os cientistas separaram em dois grupos uma turma de estudantes. Depois de uma aula de dez minutos, uma parte foi assistir a outra aula, enquanto a outra foi dormir por duas horas. Cinco dias depois, os estudantes passaram por uma prova cujo tema era justamente o apresentado na primeira aula. Os alunos que dormiram se saíram melhor. Aqueles que não conseguiram dormir, mas ficaram quietos, também tiveram desempenho superior a quem teve de voltar a estudar.

Além dos estudantes, os responsáveis pela pesquisa estudaram o processo em roedores. A conclusão foi que de ondas lentas e o sono REM, quando se sonha, têm funções complementares. O primeiro é o responsável pela reverberação da memória, e o segundo, pelo seu armazenamento.

Os pesquisadores alertam, porém, que mais evidências precisam ser encontradas para que seja comprovada a relação entre a soneca e um melhor desempenho acadêmico. O próximo passo, segundo eles, é expandir o estudo.

Sonho – Em outra parte da pesquisa, os cientistas analisaram o papel do sonho no aprendizado. Para isso, investigaram cerca de 60 vestibulandos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que relatavam se tinham sonhado com a prova no dia anterior.

Entre aqueles que sonharam medianamente com o exame – quando o sonho não envolvia grandes emoções – as chances de aprovação aumentaram. Já entre aqueles que tiveram pesadelos e sonhavam que tinham ido muito mal na prova, as chances de aprovação diminuíram.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês