Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Alunos mandam mensagens pelo Twitter durante prova do Enem

Por Da Redação 7 nov 2010, 14h16

O segundo dia de provas do Enem nem terminou e as trapalhadas da segurança não param de aparecer na página da rede social Twitter. As denúncias começaram quando um repórter do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), que está fazendo a prova neste domingo, driblou a segurança e passou o tema da redação deste ano por um torpedo de celular para a redação.

Mas as falhas na segurança não param por aí. Proibidos de usar celular e relógio durante a prova, alguns candidatos conseguiram entrar com os aparelhos nas salas de aula e não param de mandar mensagens pelo Twitter. Há desde aqueles que se vangloriam por despistar os fiscais aos que pedem ajuda com a resposta de algumas questões.

Reprodução

O usuário cadastrado como César Augusto na página da rede social retuitou o pedido de ajuda de outro usuário, cadastrado como Marcel Danilo, antes das 15h – horário em que os alunos poderiam começar a sair das salas. “MORRI kkkkkk RT @marceldanilo Tuitando do #Enem; Alguém fez a 9? As respostas estão todas repetidas só no meu caderno?”

Reprodução

Enem no Twitter
Enem no Twitter VEJA

INEP – A assessoria do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas) informou que órgão está monitorando as redes sociais e que não encontrou até o momento nenhum indício de que os estudantes estejando publicando mensagens pelo Twitter dentro das salas de prova. Segundo o Inep, como os alunos que concluíram a avaliação mais cedo foram liberados a partir das 15h, muitos podem ter usado a ferramenta para comentar sobre o Enem depois deste horário. O instituto nega a divulgação de parte do conteúdo das provas pela internet antes da liberação dos estudantes.

Continua após a publicidade
Publicidade