Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zona do euro: produção industrial cai 2,5% em setembro

Trata-se do pior resultado mensalão desde janeiro de 2009, diz Eurostat

A produção nas fábricas dos países que integram a zona do euro registrou em setembro a maior queda mensal em quase quatro anos. Abalada pelo fraco desempenho da indústria alemã, que começa a sucumbir aos três anos de crise na região, a produção industrial nos 17 países que usam o euro como moeda recuou 2,5% em setembro ante agosto, informou nesta quarta-feira o escritório de estatísticas Eurostat. O resultado é pior do que a expectativa dos economistas, de 1,9%.

O desempenho foi o pior na base mensal desde janeiro de 2009, quando a produção caiu 4%, à medida que a crise financeira global colocou as principais economias do mundo em recessão. A produção industrial da zona do euro caiu 2,3% em setembro na comparação com o ano anterior, como esperado por economistas.

Os dados decepcionantes somam-se às expectativas de que a zona do euro irá terminar 2012 com uma contração econômica de pelo menos 0,4%, a segunda recessão em três anos, ao passo que a crise da dívida, que começou na Grécia há três anos, suga a confiança do empresário e coloca o número de desempregados em um nível recorde.

Leia mais:

Europa enfrenta greves e protestos em série nesta quarta

Eurozona estende prazo à Grécia, mas não libera ajuda

Bancos espanhóis não poderão despejar endividados por 2 anos

‘Não há luz no fim do túnel para Europa’, diz Nobel Joseph Stiglitz

(com agência Reuters)