Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zona do euro pode escapar da recessão com expansão de serviços

O PMI, índice visto como indicador de crescimento, saltou para 50,4, ante 48,3 em dezembro, na maior leitura em quatro meses

A zona do euro ainda pode escapar da recessão graças a uma surpreendente virada no setor de serviços que predominou sobre a atual contração na indústria este mês, conforme mostraram pesquisas divulgadas nesta terça-feira.

O Índice Preliminar Composto de Gerentes de Compra da Zona do Euro (PMI, na sigla em inglês), frequentemente visto como um indicador de crescimento, saltou para 50,4, ante 48,3 em dezembro, atingindo a maior leitura em quatro meses. O dado superou a previsão mais alta, de 49,5, em uma pesquisa da Reuters, que resultou em mediana de 48,5.

O PMI do setor de serviços subiu para 50,5 neste mês, após 48,8 em dezembro, superando a marca de 50, que divide o crescimento da contração, pela primeira vez desde agosto.

O indicador superou tanto a mediana das previsões, de 49,0, quanto a previsão mais alta, de 50,0, segundo pesquisa da Reuters.

O PMI do setor manufatureiro ficou em 48,7, acima dos 46,9 de dezembro e também batendo tanto a estimativa mais elevada quanto a média das previsões, de 47,3.

(Com agência Reuters)