Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

WhatsApp, Facetime, Skype… Qual a melhor chamada de vídeo?

Site de VEJA testa cinco serviços de chamada por vídeo oferecidos por aplicativos logo depois da estreia do WhatsApp no segmento

Por Da redação Atualizado em 16 nov 2016, 16h47 - Publicado em 16 nov 2016, 11h34

Nesta quarta-feira, um dia depois da estreia do WhatsApp nas chamadas por vídeoo site de VEJA testou o serviço oferecido por cinco diferentes aplicativos. Leia abaixo alguns apontamentos coletados nos testes, feitos tanto em rede 4G quanto com o smartphone conectado em uma rede wi-fi.

4G

1 – WhatsApp: para falar fora de casa, longe de uma conexão sem fio, o aplicativo adquirido em 2014 por 21,8 bilhões de dólares por Mark Zuckerberg, controlador do Facebook, se destaca bastante. Imagem e áudio muito nítidos.

2 – Messenger: outro serviço da família Zuckerberg, o chat de mensagens do Facebook ficou em segundo lugar na avaliação do site de VEJA. No teste, seu áudio ficou ligeiramente inferior ao do WhatsApp.

3 – Facetime: com imagem um tanto desfocada, o programa de videochamadas da Apple travou algumas vezes durante a chamada. Áudio continua bom, mesmo com a imagem travando

4 – Skype: o precursor de chamadas de vídeo teve uma transmissão um pouco instável no teste com plano móvel. Imagem e áudio melhoraram ligeiramente ao longo da chamada.

5 – Hangout: imagem pouco nítida e travando muito ao longo da chamada feita pelo teste de VEJA. O áudio salvou a ligação.

Continua após a publicidade

Wi-fi

1 – Facetime: na conexão sem fio, o serviço da Apple ficou um pouco à frente dos concorrentes. O áudio estava muito nítido, e a imagem estava ligeiramente superior em relação aos outros aplicativos.

2 – WhatsApp: o aplicativo teve bom desempenho em som e imagem. Assim como na chamada em 4G, quando o usuário acionava o ícone de viodeochamada, ela se realizava quase instantaneamente.

2 – Messenger: som e imagem bastante similares aos de WhatsApp e Skype. Nos três casos, o desempenho ficou melhor no Wi-fi do que no 4G.

2 – Skype: som e imagem nítidos no Skype, serviço adquirido pela Microsoft em 2011 por 8,5 bilhões de dólares. O desempenho foi muito similar aos de WhatsApp e Messenger.

5 – Hangout: assim como no teste feito com conexão 4G, o Hangout, serviço do Google, não teve bom desempenho em áudio e, principalmente, em imagem, que travou algumas vezes ao longo da chamada. 

No anúncio de liberação das chamadas por vídeo para todos os seus usuários, o WhatsApp deu a entender que a liberação ocorreria paulatinamente — o aplicativo informou que a liberação ocorreria “nos próximos dias”. Para utilizar o serviço, que já tem mais de 1 bilhão de usuários, é preciso instalar a versão mais recente do aplicativo.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)