Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Waze libera recurso que indica postos que ainda têm gasolina

O desabastecimento dos postos fez com que o preço da gasolina sofresse uma variação de até 99,85% entre os estabelecimentos de todo o Brasil

Por Redação Atualizado em 29 Maio 2018, 09h56 - Publicado em 25 Maio 2018, 17h36

greve dos caminhoneiros iniciada na segunda-feira está promovendo uma corrida aos postos de gasolina de todo o Brasil. Alguns estabelecimentos já estão sem combustível – no Rio de Janeiro, 90% dos postos estão sem gasolina. Para ajudar o motorista que está de tanque vazio, o Waze habilitou um novo recurso dentro do aplicativo para que o consumidor saiba onde encontrar combustível.

A atualização está disponível desde a manhã desta sexta-feira. Ao aproximar-se de um posto de gasolina, o aplicativo solicita ao usuário que informe alguns dados – entre eles, há a opção “Atualize disponibilidade local de combustível”. Além disso, é possível incluir o preço dos produtos.

  • O desabastecimento dos postos fez com que o preço da gasolina sofresse uma variação de até 99,85% entre os estabelecimentos de todo o Brasil, segundo levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em gestão de frotas.

    Aplicativo Waze lança sistema para encontrar combustível

    Nos postos que ainda vendem o combustível, existem filas e os preços foram remarcados. O Procon de Pernambuco autuou estabelecimentos que vendiam o litro da gasolina por 8,99 reais. Em Brasília, houve quem vendesse a gasolina por 9,99 reais.

    Os aeroportos também estão enfrentando dificuldades. Ao todo, 10 aeroportos administrados pela Infraero estão sem combustível. Na manhã desta sexta-feira, o querosene de aviação acabou no aeroporto de Brasília.

    Motoristas enfrentam fila em posto de gasolina na avenida Nove de Julho, centro de São Paulo Nelson Antoine/Folhapress
    Continua após a publicidade
    Publicidade