Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

WalMart recolhe produto de carne de burro na China

A rede de supermercados disse que vai reembolsar os clientes e que está ajudando as agências locais investigar seu fornecedor chinês

A rede de supermercados WalMart recolheu carne de burro vendida em algumas lojas na China após testes mostrarem que o produto continha DNA de outros animais, informou a empresa.

O WalMart vai reembolsar os clientes que compraram a carne de burro “Five Spice” contaminada e está ajudando a indústria alimentar e agências locais na província de Shandong a investigar seu fornecedor chinês. A Shandong Food and Drug Administration disse mais cedo que o produto continha carne de raposa.

Leia também:

Restaurante Antiquarius é autuado por guardar alimentos vencidos

Tribunal de Justiça diz que vestígio de roedor em Coca-Cola pode ser fraude

O escândalo pode afetar a reputação do WalMart no mercado de alimentos chinês, avaliado em 1 trilhão de dólares. A China é o maior mercado de supermercados do mundo.

Carne de burro é um petisco popular em algumas áreas da China, apesar de representar apenas uma pequena fração do consumo total de carne. Em 2011, a China abateu 2,4 milhões de burros, de acordo com o anuário da indústria pecuária do país.

Leia ainda:

Walmart quer fechar lojas no Brasil

Anvisa confirma pelo de roedores em lote de ketchup Heinz

(com agência Reuters)