Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Wall Street sucumbem a temores europeus e recuam no final

Por Edward Krudy

NOVA YORK, 13 Jun (Reuters) – Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em baixa nesta quarta-feira, em meio a temores pela aproximação das eleições gregas do fim de semana, derrubando um mercado que manteve-se em níveis baixos durante boa parte da sessão.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,62 por cento, para 12.496 pontos. O índice Standard & Poor’s 500 teve desvalorização de 0,70 por cento, para 1.314 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,86 por cento, para 2.818 pontos.

Até 800 milhões de euros (1 bilhão de dólares) foram retirados diariamente de bancos gregos, aproximando-se das eleições fatídicas de domingo. Muitos acreditam que a votação fará com que a Grécia deixe a zona do euro. Se isso acontecer, investidores temem que outras nações periféricas também terão de sair do bloco.

O futuro nebuloso da zona do euro deixou investidores dispostos a reverter rapidamente suas posições. Nesta quarta-feira, eles venderam intensamente ações dos setores financeiro, de energia e de matérias-primas próximo ao fechamento do mercado.

O volume disparou após três pregões fracos. Cerca de 7,1 bilhões de ações foram negociadas na NYSE, Amex e Nasdaq, pouco acima de sua média-móvel de 20 dias.

Há uma “falta de detalhes sobre a Europa, e isso gera um círculo vicioso”, disse o trader-sênior de ações do Cabrera Capital Markets, Larry Peruzzi. “A zona do euro tem sido uma preocupação todos os dias”.

O governo dos Estados Unidos divulgou que as vendas no varejo no país caíram em maio a seu pior nível em dois anos, o que também exerceu efeito sobre o sentimento do mercado.

O dado é o indicador mais recente a sublinhar a desaceleração do crescimento da economia dos EUA, após um relatório sobre empregos mais fraco do que o esperado ter espalhado amplos medos de uma desaceleração. O índice de varejo do S&P perdeu 1,5 por cento.

Houve uma tendência defensiva às negociações enquanto ganhos em setores como saúde e telecomunicações compensaram declínios em setores cíclicos. A ação da operadora de telecomunicações AT&T atingiu sua máxima em 52 semanas, a 35,06 dólares, e fechou estável a 34,98 dólares. O setor de telecomunicações avançou 0,1 por cento.