Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Wall Street fecha preocupada com redução de projeções na China

A Bolsa de Nova York fechou em queda nesta segunda-feira, depois da realização de lucros desatada por uma redução da projeção de crescimento econômico na China: o Dow Jones cedeu 0,11%, e o Nasdaq, 0,86%.

Segundo os dados definitivos de fechamento, o Dow Jones Industrial Average, principal índice de Wall Street, fechou 14,76 pontos em relação a sexta-feira, a 12.962,81, e o Nasdaq, dominado pelo setor tecnológico, 25,71 pontos a 2.950,48.

O índice ampliado Standard & Poor’s 500 cedeu 5,30 pontos (-0,39%) a 1.364,33.

A praça de Nova York permaneceu em território negativo, abaixo da marca de fechamento da sexta-feira, durante todo o dia, apesar de uma leve recuperação de seu principal indicador após a publicação de um dado positivo da atividade econômica nos Estados Unidos.

Wall Street “ignorou un indicador positivo sobre a atividade do setor dos serviços nos Estados Unidos, centrando-se mais nas notícias preocupantes no front da economia mundial”, com a revisão para baixo por parte da China de suas previsões de crescimento de 8% para 7,5% em 2012.

“Trata-se da projeção mais fraca desde 2004”, destacaram os analistas da Charles Schwab.

O crescimento da segunda maior economia mundial registra uma desaceleração progressiva, mas sustentada há um ano, em grande medida devido às dificuldades dos exportadores pela crise da dívida na Europa, o principal mercado de exportação para a China.

O mercado de títulos fechou em baixa. O rendimento dos títulos do Tesouro de 10 anos subiu para 2,005% frente a 1,986% do fechamento de sexta-feira, e o papel de 30 anos para 3,139% contra 3,114%.