Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Voo de Nova York a São Paulo atrasa mais de 24 horas

Mau tempo e problema em um banheiro de aeronave da companhia Avianca foram algumas das explicações para o transtorno

Um voo que partiria do aeroporto John F Kennedy, em Nova York (EUA), a Guarulhos, em São Paulo, da empresa Avianca, causou dor de cabeça a dezenas de brasileiros que tentavam chegar ao Brasil neste domingo. A aeronave já contabiliza um atraso de mais de 24 horas.

Veja também

Inicialmente, com o adiamento do embarque por causa do mau tempo que atinge todo o país, a partida, que ocorreria às 23h30 de sábado, foi transferida para 1h30 de domingo. Ao chegarem ao terminal, no entanto, os clientes descobriram que o voo 8501 havia sido cancelado por que o banheiro da aeronave apresentava um problema que não permitia o embarque.  Entre informações desencontradas e muita espera, passageiros ouviram de funcionários que o combustível fora congelado.

Caos: passageiros se amontoam no aeroporto John F Kennedy: faltam informação e assistência

Caos: passageiros se amontoam no aeroporto John F Kennedy: faltam informação e assistência (Divulgação/Divulgação)

“Não temos assistência nenhuma, eles não sabem de nada aqui. Está todo mundo sem informação”, reclamou a passageira Carolina Dias, contactada por VEJA. Ela reclama ainda que a empresa falhou no atendimento aos clientes. “Ninguém fala inglês ou português, apenas espanhol”, complementa.

A falta de comunicação ficou evidente quando o ônibus do aeroporto buscou os passageiros do terminal rumo ao avião, por volta de 17h. Assim que o veículo se aproximou da aeronave, deu meia volta e despachou novamente os clientes na parte interna do aeroporto. E ninguém entendeu a razão.

Enquanto outras companhias partiam, apesar do mau tempo, a Avianca seguia no solo. Diante das reclamações que começaram a surgir, a companhia, em sua página no Facebook,  afirmou que “Devido a condições climáticas adversas no Aeroporto John F Kennedy, em Nova York, pedimos aos clientes da Avianca Brasil que acompanhem a situação pelo Status do Voo em nosso site ou no APP. Em caso de dúvidas, entre em contato no contact center nos telefones disponíveis no site.”

Para completar o dia caótico, a Avianca ofereceu no fim do domingo aos consumidores que não aguentavam mais esperar a opção de estorno da passagem. Porém, com mais um contratempo: como as malas já haviam sido depositadas na aeronave, elas viajariam ao Brasil quando o voo enfim partisse.

A página da Infraero marca como previsão de chegada do avião o horário de 22h35 desta segunda-feira.

A empresa aérea inaugurou a linha Nova York-São Paulo há menos de um mês, no dia 15 de dezembro de 2017.

Procurada, a Avianca encaminhou a seguinte resposta à redação:

“A Avianca Brasil informa que o voo 8501 JFK-GRU, previsto para decolar ontem a noite (06/01), sofreu atraso em sua volta ao Brasil em função da forte nevasca que está acontecendo em Nova York . Além da questão meteorológica, principal motivo do atraso em inúmeras outras operações locais, a aeronave em questão precisou passar por um procedimento operacional corretivo em seus toaletes. A companhia informa também que, no momento, o terminal 4 do aeroporto está temporariamente fechado por conta de uma contingência relacionada à infraestrutura e aguarda a liberação para seguir com os procedimentos de embarque. A Avianca Brasil lamenta o desconforto causado aos seus passageiros e destaca que situações adversas causadas por motivos meteorológicos são alheias à vontade da companhia, que se matém trabalhando para regularizar a operação. A empresa salienta ainda que preza, acima de tudo, pela segurança de seus clientes e tripulantes e segue prestando todo o suporte aos seus passageiros.”

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marcelo Ferreira

    Total desserviço presta essa revista Veja a comunidade.

    Curtir