Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Vendas no varejo se recuperam e sobem 0,6% em setembro

Alta superou previsão de analistas, que esperavam alta de 0,4%

Por Da Redação 10 nov 2011, 08h43

As vendas no varejo brasileiro recuperaram-se em setembro da queda do mês anterior, subindo 0,6% na comparação mensal. Em relação a igual mês do ano passado, houve expansão de 5,3%, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. Analistas previam que a alta mensal fosse de 0,4%, e o avanço anual de 4,9%. O dado de agosto ante julho foi mantido em retração de 0,4%.

Em setembro, na comparação mensal, houve crescimento em sete dos 10 setores pesquisados, com destaque para artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (2,2%) e Veículos, motos, partes e peças (1,7%). Na relação anual, apenas dois segmentos tiveram queda. As maiores altas foram de móveis e eletrodomésticos (16,5%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (10,6%).

No ano, as vendas no varejo brasileiro acumulam alta de 7%. A receita nominal do setor cresceu 1,1% em setembro sobre agosto e 1% ante setembro de 2010, acumulando no ano expansão de 12,1%.

“Quase todas as atividades que apresentaram resultados negativos em agosto passaram a resultados positivos em setembro, com exceção de combustíveis e lubrificantes”, disse Nilo Macedo, coordenador da pesquisa no IBGE. “O setor de combustíveis vem sendo penalizado principalmente pelos aumentos de preços. O etanol teve encarecimento, e as pessoas voltaram para a gasolina, mas muitos passaram a economizar, porque a gasolina já era um produto caro. Então houve retração na demanda”.

(Com Reuters e Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade