Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vendas de veículos devem crescer quase 6% em 2012–Fenabrave

SÃO PAULO (Reuters) – A associação de concessionários Fenabrave estimou nesta quarta-feira uma alta de 4,5 por cento nas vendas de automóveis e comerciais leves em 2012, para 3,58 milhões de unidades, após o resultado do ano passado ficar um pouco abaixo do esperado.

Incluindo ônibus, caminhões e motos, a entidade prevê crescimento de 5,76 por cento nas vendas este ano, para 5,89 milhões de unidades.

A Fenabrave esperava crescimento de 5,9 por cento nas vendas de automóveis e comerciais leves em 2011, mas o resultado acabou sendo de alta de 2,9 por cento, em meio a medidas do governo para conter importações de veículos no país.

Em dezembro, o setor registrou vendas de 329,2 mil automóveis e comerciais leves, aumento de 7,85 por cento ante novembro, mas queda de 8,87 por cento sobre um ano antes, pressionada por uma base de comparação mais forte.

Enquanto isso, as vendas de caminhões cresceram 16,23 por cento em dezembro contra novembro, e as de ônibus subiram 23 por cento na mesma comparação. No total, o setor registrou alta de 8,34 por cento nas vendas em relação a novembro, para 348,38 mil unidades. Na comparação com dezembro de 2010, porém, houve queda de 8,69 por cento.

No ano passado, foram vendidos 3,63 milhões de veículos, alta de 3,36 por cento sobre o volume vendido no ano anterior.

No acumulado de 2011, a Fiat liderou o ranking das montadoras, com vendas de 754,2 mil automóveis e comerciais leves, participação de mercado de 22 por cento.

A Volkswagen ficou em segundo lugar, com 698,3 mil unidades vendidas, equivalentes a uma fatia de 20,4 por cento do setor.

A General Motors vendeu 632,1 mil unidades, respondendo por 18,45 por cento do mercado, seguida pela Ford, com vendas de 314 mil unidades e 9,2 por cento do setor. A Renault, enquanto isso, fechou o ano com 194,3 mil emplacamentos, ou 5,7 por cento do mercado.

(Por Alberto Alerigi Jr.)