Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vendas de veículos caem 1,84% em setembro ante agosto

Já a comercialização em todo o setor automotivo – que inclui motos, implementos rodoviários, etc – registrou redução de 0,84%

Os emplacamentos de veículos novos no mercado brasileiro somaram 307.043 unidades em setembro, o que representa uma queda de 1,84% em relação a agosto, segundo informou nesta sexta-feira a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Na comparação com setembro do ano passado, houve queda de 0,54%. Os dados incluem automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. Nos nove primeiros meses de 2010, foram vendidas 2.501.905 milhões de unidades, alta de 8,69% ante o mesmo período do ano passado.

Considerando o desempenho de todos os segmentos analisados pela Fenabrave, que inclui motos e implementos rodoviários, o setor automotivo vendeu 478.323 unidades em setembro, um acréscimo de 4,78% ante o mesmo intervalo de 2009. Em relação a agosto desde ano, houve queda de 0,84%. Entre janeiro e setembro de 2010, as vendas somaram 3.888.926 unidades, o que representa um avanço de 9,45% ante os primeiros nove meses de 2009.

No tocante a automóveis e comerciais leves, as vendas em setembro caíram 1,77%, para 291.409 unidades, ante o mesmo mês do ano passado. Na comparação com agosto, houve queda de 1,75% no número de emplacamentos. Em nove meses, a alta é de 7,12%, para 2.368.932 milhões de unidades.

Caminhões e ônibus – De acordo com a Fenabrave, as vendas de caminhões e ônibus, com 15.634 unidades em setembro, saltaram 29,92% ante igual mês de 2009. Em relação a agosto, ocorreu uma retração de 3,51%. No acumulado do ano, as vendas foram 47,27% maiores e atingiram 132.973 unidades. Ainda conforme a entidade, foram vendidas 160.418 motocicletas em setembro, uma elevação de 14,83% ante o nono mês de 2009 e de 1,2% na comparação com agosto. No acumulado do ano, com 1.298.047 motos vendidas, o mercado registra alta de 9,47% nas vendas.

O comércio de implementos rodoviários somou 4.798 unidades no mês passado, uma expansão de 43,82% ante setembro de 2009. Em relação a agosto, houve queda de 2,95%. Na comparação com os primeiros nove meses do ano passado, houve alta de 47,5%, com vendas de 41.575 unidades.

(com Agência Estado)