Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vendas de aço no Brasil devem subir 8,4% em 2012

RIO DE JANEIRO (Reuters) – As vendas de aço no país devem atingir 23,3 milhões de toneladas no ano que vem, aumento de 8,4 por cento sobre o total estimado para o fechado de 2011, segundo previsão do Instituto Aço Brasil (IABr), divulgada nesta terça-feira.

A produção de aço bruto no Brasil deve avançar pouco mais de 6 por cento em 2012, para 37,5 milhões de toneladas, de acordo com o IABr.

Para este ano, o IABr reduziu a previsão da produção para 35,3 milhões de toneladas, contra estimativa anterior de 36,3 milhões de toneladas, mas ainda assim para um nível recorde.

“O excedente de capacidade de produção de aço em relação à demanda no mundo continua alto -cerca de 500 milhões de toneladas- e também no Brasil -20,2 milhões de toneladas”, segundo nota do IABr à imprensa, citando também processo de desindustrialização pelo aumento das importações diretas e indiretas de aço.

“Tivemos que revisar nossas previsões para baixo em 3 por cento na produção de aço bruto para 2011”, disse o presidente do Conselho do IABr, André Gerdau Johannpeter, que também preside a Gerdau.

Em 2011, segundo o IABr, as exportações de aço a partir do Brasil devem ser de 10,7 milhões de toneladas e as importações, 3,7 milhões de toneladas. Para 2012, as vendas externas devem ter leve alta em volume, enquanto as importações tendem a ligeira queda.

(Por Rodrigo Viga Gaier)