Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vendas brutas do Pão de Açúcar chegam a 7,94 de reais no terceiro trimestre

Assaí e Extra Supermercados lideram o crescimento das vendas

Grupo estima que suas vendas brutas cresçam 25,9% em 2010, chegando a 33 bilhões de reais

O Grupo Pão de Açúcar informou nesta quarta-feira que suas vendas brutas alcançaram 7,94 bilhões de reais no terceiro trimestre, alta de 15,9% sobre um ano antes. Já as vendas líquidas da maior varejista do país somaram 7,1 bilhões de reais entre julho e setembro, volume 16,9% maior na comparação anual. Os números contemplam as operações da rede Ponto Frio (Globex), adquirida pela empresa em meados de 2009.

Se excluídas as operações da Globex, as vendas brutas da companhia somaram 6,2 bilhões de reais nos três meses até setembro, o que representa um crescimento de 10% ante igual período do ano passado. Já as vendas líquidas atingiram 5,6 bilhões de reais sem considerar os números de Ponto Frio.

Pelo conceito mesmas lojas – que considera apenas aquelas em operação há pelo menos 12 meses – as vendas brutas do Grupo Pão de Açúcar, incluindo Ponto Frio, tiveram aumento de 12,5% no trimestre encerrado em setembro, enquanto as vendas líquidas saltaram 13,1% na mesma base de comparação.

Em termos reais (tirando os efeitos da inflação no período), as vendas brutas mesmas lojas tiveram expansão de 7,6% no terceiro quarto do ano.

“Entre as bandeiras do grupo, os destaques no terceiro trimestre foram Assaí e Extra Supermercado, cujas vendas brutas no conceito mesmas lojas cresceram, respectivamente, 19,6% e 24,1% “, afirma a varejista no demonstrativo de resultados.

Nos nove meses até setembro, o Pão de Açúcar contabiliza vendas brutas de 23,5 bilhões de reais, montante 32,4% superior ao apurado um ano antes. As vendas líquidas por sua vez, registram alta de 33,9% no acumulado de 2010, totalizando 21 bilhões de reais.

No início de maio, o grupo anunciou que espera uma alta de pelo menos 25,9% nas vendas brutas deste ano, considerando as lojas da rede Ponto Frio, para acima de 33 bilhões de reais. A companhia divulga resultados trimestrais consolidados em 11 de novembro.

(Com agência Reuters)