Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Venda de veículos importados cai 28,1% em abril

Associação das importadoras (Abeiva) afirma que maio é o último mês com estoque de importados com IPI antigo; reajustes são previstos para junho

As vendas das veículos importados recuaram 12,8% ante março

A venda de veículos importados em abril caiu 28,1% na comparação com igual mês do ano passado, para 11.917 unidades, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pela Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva). Em relação a março, as vendas recuaram 12,8%. No acumulado do ano até abril, a comercialização de importados declinou 9,2% ante o mesmo período de 2011, para 47.380 unidades.

O presidente da Abeiva, Flavio Padovan, disse que a queda nas vendas de veículos importados é o primeiro reflexo da alta de 30 pontos porcentuais no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que entrou em vigor em dezembro do ano passado.

De acordo com a entidade, algumas importadoras ainda têm estoques até este mês de automóveis com IPI antigo e certamente terão de repassar os custos com o tributo a partir de maio. A entidade calcula que o aumento do IPI representará um impacto de 26% a 28% sobre os preços dos veículos importados, mas nem todo porcentual será repassado ao consumidor.

Padovan disse que a Abeiva teve diversas reuniões com o ministro do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, para tentar viabilizar ao menos um sistema de cotas de veículos com IPI menor. “Esperamos sinceramente que o governo seja sensível aos apelos da Abeiva, cujas associadas recolhem cerca de R$ 6 bilhões por ano em impostos e empregam 35 mil trabalhadores”, disse o executivo.